A COMBINAÇÃO PERFEITA DE CBD COM A PRÁTICA DO YOGA: Leave a comment

CBD e yoga são duas práticas milenares que se potenciam uma à outra e o que ambas têm em comum é a sua influência direta no sistema endocanabinoide.
Realmente, a planta canábis é mencionada nos Vedas – textos espirituais sagrados hindus – como uma das cinco plantas sagradas, fonte de felicidade e libertação do medo e preocupações.
Para quem é novo nas práticas do yoga, alguns conceitos podem ser estranhos, como é o caso das “asanas” – que são as diferentes posturas utilizadas nesta nesta prática. Em sânscrito o seu significado literal é “postura confortável e equilibrada”.

O óleo canabidiol e asanas são práticas maravilhosas sozinhas e juntas são ainda mais fortes, especialmente para as mentes mais absortas e aéreas – todos os praticantes de yoga, na hora da prática, já experienciaram pensamentos flutuantes como “era suposto estar calmo e focado, mas não consigo silenciar a mente” – a verdade é que é difícil para a maior parte das pessoas, desligarem automaticamente os pensamentos “ruminantes” assim que põem os pés no tapete de yoga. É aqui que entra o CBD.
O óleo canabidiol ajuda a recuperar o desconforto de articulações e músculos doridos, e não há nada de esotérico nesta observação, pois sabe-se que os canabinóides da planta se relacionam e “trabalham” bem em conjunto com os receptores canabinóides localizados no Sistema Endocanabinóide do nosso corpo que, por sua vez, é o responsável por “activar” o cérebro quando experienciamos algum tipo de dor. Ou seja, quando tomamos óleo de CBD, este vai interagir com o nosso Sistema Endocanabinoide, encorajando-o a produzir um maior número de canabinóides que, por sua vez, irão produzir uma resposta à inflamação e aliviar as possíveis dores após realizar determinada asana.

É importante lembrar que o CBD não é a solução ou a cura milagrosa para a ansiedade, tal como o yoga também não é. Por isso tenha em mente que a consistência na toma do CBD e da prática do yoga em conjunto é que podem levá-lo no caminho certo para uma maior consciencialização do corpo e da mente.
Já compreendemos que tanto a prática de yoga como o consumo de óleo canabidiol, provocam efeitos no Sistema Endocanabinóide e é por isso que funcionam e potenciam-se um ao outro. Vamos explorar os benefícios desta combinação:
. Relaxamento dos tecidos musculares, . Alívio de dores musculares, . Recuperação física mais rápida, . Redução da produção de cortisol,
. Aumento na comunicação entre corpo e a mente, . Mais foco e concentração, . Aumento da propriocepção.

Se ainda não adquiriu o seu Óleo Canabidiol, visite a NordicOil e fique a conhecer a variedade de produtos CBD mais indicados para si:

Quem é desportista ou faz algum tipo de exercício com regularidade, sabe que é possível controlar a mente de forma a obter maior controlo do corpo, para manter por mais tempo determinada posição ou ir um pouco mais longe na extensão activa de um alongamento… Para tal é preciso foco e resiliência mental – benefícios que o óleo CBD pode trazer.

Terminamos com a proposta de uma sequência de asanas, inspiradas na comunhão entre o CBD e o Yoga:

  1. Convidamos a suavizar e abrandar a mente e corpo. Desenrole o tapete de yoga e aplique o seu óleo de CBD debaixo da língua. Assim que o tomar, deite-se e permita que a substância seja absorvida pelo seu corpo em Savasana – permaneça por cerca de 10 minutos nesta posição de relaxamento antes de passar para a restante sequência.
    Durante estes 10 minutos feche os olhos e deixe-se envolver pela quietude que envolve o seu corpo. Permaneça assim por momentos, respirando profundamente sem esforço.
    Note que apesar de a Savasana ser tradicionalmente destinada ao final de uma sequencia de yoga, começamos com ela para dar espaço e tempo ao óleo canabidiol de fazer efeito.

2. De onde se encontra, traga os joelhos ao peito e entre agora em Apasana – mantenha as costas todas lisas no chão, incluindo anca e cóccix. Dobre ligeiramente o queixo e mantenha o olhar na linha central do seu corpo. Permaneça nesta posição por 10 a 15 segundos, focando-se em inspirações profundas e expirações longas e lentas – repetindo 2 a 3 vezes.

3. Solte agora os joelhos do peito e prepare-se para Jathara Parivartanasana. Inspire profundamente – nesta inspiração traga o joelho direito ao peito, entrelace os dedos e segure, focando na respiração – inspira e expira profundamente por 10 a 15 segundos. Na ultima expiração, pegue suavemente no joelho e incline para o lado esquerdo do seu corpo e permaneça nessa posição o tempo que entender, sendo que quanto mais tempo ficar, mais profunda será a libertação. Repita o mesmo processo com a perna esquerda inclinando agora para o lado direito.

4. Na próxima asana Marjaryasana/Bitilasana vire-se de costas e assuma a posição de mesa – mãos e joelhos com o peso distribuído – respire profundamente cinco a dez vezes para distribuir energia e na última expiração, arqueie as costas e cabeça ao peito para posição de gato. De seguida inspire para expandir a barriga em direcção ao chão, olhos para o céu em posição de vaca. E repita 5 a 10 vezes.

5. Da posição de mesa, passamos para Adho Mukha Svanasana – uma asana que traz diversos benefícios – e expire profundamente enquanto se posiciona mantendo os braços esticados da posição anterior, agora esticando as pernas com calcanhares para o chão e pélvis em direcção ao céu. Mantenha bem alongada a parte exterior das coxas e cabeça entre os braços (sem a deixar pendurada). Permaneça aqui por 1 a 3 minutos. Inspirando profundamente e expirando lentamente.

6. Da posição anterior, flectimos novamente os joelhos em direcção ao chão, ajoelhando e ficamos em Balasana – Dedos grandes dos pés tocam-se, joelhos ligeiramente afastados paralelos entre si à largura da anca. Expire e dobre o tronco em direcção ao chão, movendo-se assim para a posição de criança. Esta é uma asana de repouso e deve permanecer nela por breves minutos, libertando assim qualquer tensão persistente e mantendo uma respiração consciente.

  1. Finalizamos em Savasana – nesta altura o Óleo Canabidiol já teve tempo para fazer o seu efeito. Combinado com as asanas que realizou, a sua mente e corpo devem estar activos e completamente relaxados. Deixe a respiração ficar silenciosa e a mente absolutamente quieta e imóvel, livre de qualquer movimento ou pensamento.
    Permaneça em Savasana por cerca de 10-15 minutos, permitindo sentir o relaxamento e quietude que esta rotina de yoga inspirada no CBD pode oferecer.
    Note que a prática de Yoga CBD pode não ser necessariamente direcionado para a aptidão física, mas sim para a união física e mental, em que os praticantes se concentram fortemente no relaxamento e sintonia com o seu corpo.

Se ficou com vontade de realizar esta prática de Yoga inspirada no CBD, mas ainda não escolheu o seu óleo. Basta visitar o site da NordicOil e ficar a conhecer o produto de CBD que melhor se adequa ao seu organismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *